Pote da amizade (ou o que você quiser)

Já fazia um tempo que eu estava querendo fazer algo diferente para passar o tempo. Eu sempre assistia  os vídeos de blogueiras ensinando diy e achava tudo muito legal, principalmente esses potes ou jarras personalizados. Depois de ver inspirações em sites de imagens como Pinterest e Weheartit e também assistir vários vídeos resolvi fazer um! Foi muito difícil encontrar um pote de vidro na minha cidade mas acabei encontrando um mini-baleiro muito fofo na loja de artesanato, os outros materiais como glitter, lantejoulas, colar de bolinhas, papéis coloridos e furadores eu já tinha em casa.

pote da amizade

Eu fiz um pote da amizade mas você pode fazer do que quiser ou usar ele para o que quiser como porta-jóias, baleiro etc. Eu usei os seguintes materiais: Glitter, Lantejoulas coloridas, adesivos tipo strass, colar de bolinhas, papéis coloridos, furadores de formato de estrelas, neve e coração, tessoura normal e de forma ondulada. Enfeitei o potinho com o adesivo e o colar, dentro coloquei glitter, lantejoulas, estrelinhas, neve e corações de papéis coloridos e no final acrescentei papéis com os nomes das minhas amigas.

Não sou muito boa em fazer receitas de artesanato mas espero que tenham gostado, eu achei bem divertido!

De volta para a infância

Essa semana eu vi um filme na globo muito lindo que me marcou muito, se chama Duas vidas. Na verdade eu já havia assistido ele quando eu estava no magistério a pedido de uma professora. O filme é lindo ( pelo menos eu acho!).

Duas Vidas:

Russ Duritz é um profissional bem sucedido que leva uma vida pacata. Sua vida vira de cabeixa pra baixo quando Rusty (ele mesmo com 8 anos de idade) aparece. Rusty é um doce de menino que não fica nada feliz ao ver seus sonhos de ser piloto de avião irem por aguá abaixo após conhecer sua versão adulta. Porém a convivência dos dois irá ajudar Russ a relembrar seus sonhos de infância.

Quando vi este filme na mesma hora lembrei de um livro que também li quando estava no magistério, se chama Quando eu voltar a ser criança.

O livro é muito bom e gostoso de ler. Recomendo não só pra quem está no magistério mas pra quem curte criança.

Quando eu voltar a ser criança:

Autor: Janusz Korczak

Editora: Summus

O livro conta a estória de um educador que volta a ser criança e passa a sentir todas as emoções da infância como medo, alegria, raiva e amor.

O livro é bom mesmo! Dá até uma vontade de entrar no tunel do tempo.

Créditos:

http://www.adorocinema.com

http://www.summus.com.br