Idas e vindas do amor

Recentemente relendo o livro Enquanto O Amor Não Vem me deparei com trechos que me chamaram a atenção e que na primeira vez passaram batidos. Era especificamente o fato de a pessoa ir em busca do amor e não conseguir encontrar por estar procurando de maneira errada ou lugar errado. Na verdade o amor está dentro de nós e é aquilo que nós fazemos melhor. Em outras palavras, nós precisamos nos amar primeiro e tomar um tempo para nós e só então o amor irá acontecer.

Mas isso deverá acontecer, por exemplo, no que a autora chama de meio – tempo. O meio – tempo é quando nos encontramos entre o espaço de um relacionamento e outro. Esse tempo serve para pensarmos, refletirmos sobre nós, nossa vida, nossos relacionamentos passados até mesmo nossos parceiros e ex parceiros. Ele nos ajuda a descobrir o que realmente nós queremos e crescer como pessoa. Para isso é preciso se libertar de antigos padrões de comportamento, ou seja, mudar de atitude e fazer coisas diferentes. Claro que ao fazer isso iremos perder algumas coisas adquiridas ao longo dos anos anteriores e até mesmo pessoas.  É um momento difícil, mas é preciso, por isso você deve ter calma e paciência.

Segundo Iyanla Vanzant, não existe um tempo determinado no meio – tempo. Cada pessoa fica o tempo que for necessário até que ela ou o parceiro esteja pronto para o amor. Haverá situações em que você estará pronta e seu parceiro não. E isso explica o motivo de muitas vezes o relacionamento não dar certo naquele momento.  Um dos dois poderá estar curado de inseguranças, ter perdoado os erros e o outro não. Para que o amor finalmente possa acontecer é preciso que o casal trabalhe junto. Enquanto isso não acontecer você ficará no meio – tempo até a pessoa estar pronta. Mas não devemos desanimar porque isso tudo é bom e irá nos ajudar a ficarmos fortes, pois nesse meio – tempo que também é preparatório iremos encontrar, conhecer e nos relacionar com outras pessoas que irão nos ajudar e ensinar sobre a vida e o amor. Esses relacionamentos servem na verdade para nos preparar e aproximar-nos do amor.

Isso tudo me fez pensar e lembrar uma reportagem recentemente lida:

A história de amor da jornalista Leila Cordeiro que foi casada com o jornalista Eliakim Araujo por mais de 30 anos até a morte dele. Após a morte de seu esposo, Leila foi procurada pelo ex noivo Wilson Pariz através do Facebook. Leila e Wilson se conheceram na juventude, namoraram e ficaram noivos, mas infelizmente o relacionamento terminou e cada um foi viver sua vida. Leila ainda se envolveu com outro rapaz e tempo depois conheceu e se casou com Eliakim.  Wilson também se casou e se separou; mas nunca esqueceu Leila.

Ele guardou todas as lembranças que tinha dela como fotos e cartas. Agora já maduros e experientes eles se reencontram e retomam a antiga amizade que se torna num lindo amor. Leila ainda diz que antes de se entregar ao amor ficou apreensiva e com medo dos comentários maldosos, mas abriu seu coração para a grande aventura do amor! E eles viveram literalmente uma bela aventura a bordo de um veleiro com testemunhas especiais: sol, mar e a lua.

Por isso queridos, não desanimem se as coisas não estiverem dando certo agora. Posso estar falando, ou melhor, escrevendo para alguém que acabou de sair de um relacionamento ou simplesmente alguém que ainda está na fase de discutir o relacionamento.  Você pode agora estar no meio de uma discussão e ao mesmo tempo se perguntando o porquê disso tudo estar acontecendo, mas como a autora do livro diz “A pessoa que fica para brigar conosco (o que não significa briga física) normalmente é a que realmente nos ama. Nos ama e está disposta a lidar com nossos problemas, porque deseja investir no fortalecimento mútuo.” Essa pessoa na verdade só quer te ajudar, e quer tentar salvar o relacionamento. Mas se isto estiver acontecendo com muita frequência então é melhor dar um tempo antes que ambos se machuquem. Então você e seu parceiro entrarão no meio – tempo para futuramente se uniram novamente. Pode demorar um dia, uma semana, um mês ou até mesmo anos, mas tenha certeza de quando chegar o momento certo será maravilhoso!

 

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Leia também:

DIY – Quadrinhos retrô

Seu quarto está sem graça e sem vida? Que tal dar uma renovada no ambiente decorando sua parede com quadrinhos retrô usando gibis antigos? Você só irá precisar de porta – retratos simples de madeira, revistinhas antigas mas pode ser moderna também, tesoura e ganchinhos.

Esse porta – retrato foi encontrado numa loja de 1,99.  Você pode pinta-los se quiser mas eu preferi deixar eles normais com aparência mais rústica.

Coloque ganchinho para pendurar o quadrinho na parede. Você pode fixar com fitas adesivas se preferir.

Selecione os gibis que serão utilizados.

Recorte as imagens que mais gostar ou achar divertida, pode ser uma imagem da capa, contra – capa, propaganda antiga, trecho de história ou mesmo histórias curtas.

Eu escolhi capa, contra – capa e uma mini história de gibi.

Decore da maneira que achar mais divertido!

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Leia também:

Ideias e inspirações para sua estante

Algum tempo atrás eu mostrei algumas ideias de como decorar sua estante mas hoje achei interessante falar sobre isso novamente, afinal nós estamos sempre mudando de gostos e ideias e também vamos combinar que é uma delícia decorar e redecorar nosso cantinho e deixa – lo com a nossa cara!

Eu sinceramente acho essas estantes pequenas um charme. Você pode decora-las com seus livros e preencher os espaços vazios com enfeites de sua preferência ou objetos de estimação. Uma ideia super legal é organizar os livros por cores e na parte de cima colocar enfeites como porta – retratos ou objetos antigos como uma vitrola ou máquina de escrever por exemplo.

Se você tiver muitos livros e pouco espaço use prateleiras na parede próximas a sua estante assim o visual ficará mais harmonioso.

Estantes altas também são legais e aqui a ideia é usar brinquedos que lembrem sua infância ou Toys art para deixar o canto mais divertido e alegre. Se você não tem esses objetos ou não curte esse tipo de coisa a opção é usar pisca-pisca. As luzinhas irão criar um efeito bonito a noite!

Para quartos pequenos ou kitnet a dica é usar nichos como prateleiras ou mini estante. Decore usando livros pequenos, vasinhos de flores, porta – retratos e miniaturas.

Se você acha muito caro comprar ou encomendar uma estante a ideia é fazer você mesma a sua própria estante é só usar a sua criatividade. Aqui a dica é caixotes de madeira e até mesmo um velho violão! Decore com livros pequenos, CDs ou DVDs, porta- retratos pequenos, objetos pessoais como câmera digital ou óculos escuros, porta – lápis e etc.

 

 

 

Salvar

Salvar

Leia também: