Amores Verdadeiros

Dias atrás estava vendo  a novela “Velho Chico” e uma das cenas me chamou muito a atenção.  Era uma conversa entre mãe e filho, a personagem Maria Tereza conversando com seu filho Miguel. Na conversa ele relata a mãe sobre o fim do seu namoro com uma jovem francesa. Inconformada ela indaga ao rapaz o porque do rompimento se eles se amavam tanto. Os diálogos que se seguiram foram emocionantes e me tocaram muito:

– Você ama ela, meu filho?

– Ela foi a única pessoa, foi a única coisa que me fez pensar de desistir de tudo.

– Você não precisa desistir de nada! Você está começando a vida do zero, meu filho. Você está começando agora! Pode escolher onde você vai começar e quem vai ficar do seu lado.

– Mas eu já escolhi, minha mãe.

– Escolheu o que? Abrir mão do amor da sua vida?

– Não, minha mãe. Porque se ela for o amor da minha vida não vai ter nada nesse mundo capaz de separar a gente. “Nem a distância, nem mesmo o tempo.”

velho chico

Essa última frase foi uma grande lição para a personagem mas tenho certeza que também para muitas pessoas que estavam assistindo a cena e que de alguma maneira viveram ou estão vivendo algo semelhante.

Rompimentos, separações, partidas e afastamentos tudo isso é muito bonito quando é romanceado em livros, novelas e filmes mas quando se trata da vida real é muito triste pois causa um trauma muito grande nas pessoas. Eu sei disso porque tive em minha família uma pessoa que sofreu muito por ter sido separada do grande amor da vida dela, e agora sinto na pele também…

Realmente a ultima frase mexeu muito comigo, e ela é verdadeira também!

Mas como saber se a pessoa é seu verdadeiro amor? Infelizmente não tem como saber e isso é uma coisa que só o tempo e as ações podem responder. Ele te aceitou do jeito que você é? Ele mudou por você? Ele lutou ou enfrentou alguém para ficar com você? E o mais importante de tudo, ele te ensinou alguma lição de vida? Lembre-se ” O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser”.


hands love

 

 

Conheça mais sobre minha história aqui!

 

 

 

 

Leia também:

A ovelha perdida

Esse texto foi escrito num momento bem delicado da minha vida, espero que gostem!

ovelhinhas amor

Era uma vez um jovem pastor que possuía um lindo rebanho de ovelhas. Neste rebanho havia ovelhas de todos os tipos e raças, mas havia uma em especial que mesmo estando entre suas colegas se sentia solitária. Certo dia ela se afastou de suas companheiras e saiu a passear para conhecer outros bosques.

Ela andou e viu muitos outros animais e também outros pastores e outros rebanhos a pastorear.  De repente ela avistou algo que lhe chamou a atenção, era um lindo carneirinho.

Juntos eles brincaram, pastaram, beberam da água do riacho e descansaram. Os dias foram se passando e o pastor daquela linda ovelhinha procurava por ela dia e noite.

A ovelhinha sentia saudade do seu dono e de suas companheiras, mas não queria abandonar seu novo amigo. Ela sempre falava para ele sobre o seu pastor de como ele era bom e como seu aprisco era limpinho e confortável.  O carneirinho ficou feliz em saber que havia alguém muito bom e amável que cuidava com muito carinho da sua amada ovelhinha. Por ela contar com tanto amor e carinho de seu pastor o carneirinho sentiu o desejo de ir junto com ela e voltar para o aprisco e rebanho. Quando o jovem pastor encontrou a sua ovelhinha perdida ele deu um lindo sorriso, pois junto dela estava um belo carneirinho de cor negra! O pastor tomou com todo o cuidado e carinho o carneirinho em seus braços e o levou para o aprisco seguro.

Essa história ilustra o amor de DEUS por nós. Ele é o nosso pastor e nós somos as suas ovelhas. Ele possui um grande rebanho, mas assim como o carneirinho existem muitas pessoas perdidas no mundo que algum dia no passado se afastaram de Deus.  O pastor ainda continua procurando por suas ovelhas perdidas e fica muito feliz quando as encontra principalmente quando recebe novas ovelhas e carneirinhos em seu aprisco.  Assim como o pastor não devemos maltratar as pessoas ou julga-las pela sua aparência ou qualquer outro tipo de coisa, devemos recebê-las e trata-las com muito amor e carinho. Deus ama a todos !

 

 

Leia também:

O que é amor?

Amor é um sentimento de carinho e demonstração de afeto que se desenvolve entre seres que possuem a capacidade de demonstrá-lo. Existem várias formas e maneiras de amar: Amor divino, Amor materno ou paterno, amor fraterno, amor físico, amor platônico, amor à vida, amor pela natureza, amor pelos animais, amor próprio e etc.

o que é amor

Amor a Deus é quando colocamos ele em primeiro lugar na nossa vida.

Amor à família é quando amamos e respeitamos nossos pais, avós, tios, primos, irmãos e etc.

Amor aos amigos é quando amamos nossos amigos, podemos ama-los para o resto de nossas vidas mesmo que a distancia nos separem.

Amor platônico é quando amamos alguém em segredo, pode ser aquele carinha do colégio, amigo de trabalho, vizinho, professor bonitão ou até mesmo aquele artista especial que você aprendeu a gostar e admirar.

Amor à vida, natureza e pelos animais é quando damos valor a tudo aquilo que nos rodeia. Nosso lar, nossa cidade, país, floresta e nossos animais sendo eles de estimação ou não. Devemos cuidar e respeitar tudo aquilo que Deus nos deu!

Amar-nos é quando nos aceitamos e nos cuidamos. Nosso corpo é o templo do espírito santo, portanto devemos nos alimentar bem e não comer alimentos impuros e ingerir drogas como cigarros e bebidas alcoólicas que só fazem mal a nossa saúde. Quando nos amamos de verdade nos tornamos mais bonitos!

Por fim o amor é a mais coisa mais maravilhosa que existe. Quando amamos alguém passamos a enxergar tudo com outros olhos, sentimos aquela vontade gostosa de cantar, dançar, escrever poemas etc. Viva a vida e ame sempre!

 

Leia também: