Com qual frequência devo levar meu filho ao dentista?

A visita de check-up ao dentista é essencial para preservar a saúde bucal. Este exame de rotina deve ser feito regularmente para prevenir doenças nos dentes e gengivas. Qual é a frequência recomendada de visitas ao dentista e quais critérios são levados em consideração?

Saúde Bucal Infantil

Foto: Pixabay / Renata Ferro

No caso das crianças o recomendado é que visitem o dentista infantil para um check-up dental pelo menos duas vezes por ano. Algumas crianças precisam de visitas ao dentista com mais frequência por causa de um risco aumentado de cáries, os padrões de crescimento incomuns ou má higiene oral. Seu dentista para criança saberá aconselhar de acordo com as características de seu filho.

Por que visitar o dentista duas vezes por ano quando o meu filho nunca teve uma cavidade?

Visitas regulares ao dentista ajudam seu filho a ficar sem cáries. A limpeza dental remove detritos que se acumulam sobre os dentes, irritam as gengivas e causam a cárie, com tratamentos de flúor é possível renovar o conteúdo de flúor no esmalte, fortalecendo os dentes e prevenindo das cáries. As instruções de higiene melhoram a escovação e uso do fio dental do seu filho, levando a limpar os dentes e gengivas corretamente.

Saúde Bucal Infantil

Foto: Pixabay

A cárie dentária não é a única razão para uma visita ao dentista. Seu dentista pediátrico fornece uma avaliação contínua das mudanças na saúde bucal de seu filho. Por exemplo, seu filho pode precisar de flúor, mudanças na dieta ou informações adicionais para a saúde dental ideal. O dentista pode identificar problemas e sugerir o tratamento ortodôntico para que os dentes cresçam saudáveis.

O que acontece em um check-up dentário de crianças?

O dentista infantil irá rever a história médica e odontológica do seu filho. Eles examinam cuidadosamente os dentes, tecidos, maxilar e mandibular do seu filho. Além de ensinar as crianças sobre a importância da limpeza e alimentação para que possam ter um lindo sorriso.

 

Portanto, para que a saúde bucal de seu filho esteja sempre em dia acompanhar a odontopediatria é fundamental!

 

5 Dicas para evitar problemas cardíacos

O nosso estilo de vida diz muito sobre nós mesmo e também apresenta uma espécie de radiografia sobre como anda a nossa saúde.

Para evitar problemas cardíacos, por exemplo, doença que mais mata ao redor do mundo, é preciso uma combinação de prática de atividade física, alimentação e hábitos saudáveis, como não fumar e controlar o consumo de bebidas alcoólicas.

5 Dicas para evitar problemas cardíacos | SPX Imagem

Foto: Pixabay

Estima-se que, no país, 300 mil pessoas são vítimas de infartos todos os anos. É um dado bastante alarmante.

Confira neste artigo, 5 Dicas para evitar problemas cardíacos:   

 

1 – Escolha bem seus alimentos

Pessoas que consomem muita carne vermelha, doces e gorduras ruins em geral, tendem a sofrer mais com as doenças do coração. A nossa alimentação é a base para que possamos ter mais saúde e qualidade de vida. Opte pelos alimentos naturais, como verduras, frutas, legumes e prefira as carnes brancas, como peixe e frango, pois elas possuem menos gordura.

 

2 – Pratique atividade física regularmente

: 5 Dicas para evitar problemas cardíacos | SPX Imagem

Foto: Pixabay / Skeeze

Caminhada, bicicleta, corrida, jogar futebol, vôlei… Movimentar o corpo é mais uma forma de não sofrer com os problemas do coração. Se possível, se exercite todos os dias. E não se esqueça de realizar Exames Cardiológicos para averiguar a saúde do coração.

 

3 – Realize check up médicos

Pelo menos de seis em seis meses, faça um check-up para controlar os níveis de colesterol, açúcar no sangue, e ver como está sua saúde em geral. No caso dos exames para o coração, o Eletrocardiograma e o Ecocardiograma estão entre os mais importantes e que o médico deverá solicitar.

 

4 – Atenção ao cigarro e álcool

Todos sabemos o quanto o uso excessivo de cigarro e álcool faz mal para a saúde, e o coração sofre ainda mais com esses hábitos ruins. Então, para evitar problemas cardíacos, fique bem longe do cigarro e modere no álcool.

 

5 – Controle o estresse

Outro fator de risco para o coração são os níveis de estresse. Quando o indivíduo está muito ansioso, o organismo produz hormônios prejudiciais e que afetam diretamente a saúde do coração. Por isso, nada de se aborrecer e se preocupar à toa. Pratique ioga, exercícios de respiração e demais atividades que ajudam a diminuir o estresse.

 

Doce de leite com leite condensado: Passo a passo

O doce de leite é uma das sobremesas mais gostosas e populares. No mercado, você encontra uma série de variedades, como o doce de leite sólido em cubinhos, o doce de leite cremoso e o doce de leite com chocolate.

Receita de doce de leite com leite condensado

Porém, há uma alternativa para quem quer tentar fazer o próprio doce em casa. É uma receita simples e bem antiga. Ficou curioso? Então acompanhe o nosso post!

 

Doce de leite com leite condensado

A maneira mais fácil de fazer doce de leite em casa é cozinhando o leite condensado. Sim, isso mesmo! Para isso, você vai precisar de uma boa panela de pressão para fazer o preparo.

 

Algumas pessoas têm dúvidas se é uma maneira segura de fazer o leite condensado, mas não é nada complicado. Confira o passo a passo.

 

Passo a passo

  1. Coloque a lata de leite condensado na panela e coloque água até cobrir.
  2. Acrescente uma colher de vinagre ou suco de meio limão para evitar que o interior da panela escureça.
  3. Tampe a panela e leve ao fogo alto.
  4. Depois que a panela tiver pegado pressão, calcule o tempo para cozimento de acordo com a sua preferência:
  • Claro e mole: 25 minutos de cozimento +10 minutos de descanso;
  • Com cor e textura média: 30 minutos de cozimento +10 minutos de descanso;
  • Escuro e de consistência mais firme: 40 minutos de cozimento + 10 minutos de descanso;
  • Escuro e com consistência muito firme: 50 minutos de cozimento + 10 minutos de descanso.
  1. O tempo de descanso é calculado com a lata de leite condensado dentro da panela de pressão, depois de apagar o fogo.
  2. Após esse período, resfrie a panela com água corrente e deixe a lata esfriar. Você também pode colocar água fria dentro da panela ou pedras de gelo.

 

Depois da fria, você pode abrir a lata e saborear seu doce de leite puro ou como acompanhamento. Que tal ir à cozinha agora e testar a receita?

Receita de doce de leite com leite condensado