Casais Interraciais Blogueiros de Viagens que Você Precisa Conhecer

Viajar é uma das melhores coisa da vida e se for acompanhado é melhor ainda pois isso ajuda a você se relacionar com seu parceiro ou parceira. Hoje iremos conhecer alguns casais que toparam essa grande aventura e transformaram isso em blog com fotos lindíssimas  e dicas super legais de lugares deslumbrantes para visitar.

Follow Me Away

Victoria e Terrence estão sempre tentando quebrar as barreiras com suas fotos inspiradoras. Eles já visitaram lugares como Canadá, Bahamas, França, Peru, Nova York e até Disney. Por serem de raças diferentes eles já passaram por situações negativas. Na Irlanda, alguém gritou um insulto racial para eles na rua e, em Viena, uma idosa dirigiu os olhos para eles sem piscar por pelo menos 10 minutos seguidos. O conselho de Victoria e Terrence para outros casais interraciais que procuram viajar é não deixar nada  detê-los! Pode ser cansativo lidar, mas a oportunidade de ver o mundo com o seu parceiro vale a pena! (Follow Me Away)

 Lost With Purpose

 

Alex e Sebastian venderam todas as suas coisas, abandonaram seus empregos no escritório e juntos viajam o mundo blogando. Eles já viajaram para lugares como China, Nepal, Irã e Índia. Eles foram bem aceitos pelos iranianos que ficaram entusiasmados com a presença deles e sempre cumprimentavam eles com saudações e sorrisos.  Em Myanmar, eles encontraram alguns olhares estranhos de pessoas que estranharam uma garota chamada Alex caminhando com um cara branco.  (Lost With Purpose)

Road Affair

Ben e Jazzy são dois blogueiros de viagens inspirados. Juntos eles já viajaram para lugares como Alemanha, Itália, Portugal, Malásia, Costa Rica e também Africa do Sul. O blog deles tem muitas dicas de viagens, como escolher a melhor câmera e lugares econômicos.  (Road Affair)

 Secrets Of A World Traveller

Chloe e Zeyu não só tem um blog como também tem um canal no youtube! Eles ilustram cronologicamente suas aventuras em um mapa de história. Como blogueiros de viagens interraciais, eles sentiram que receberam a maior atenção na China. A maioria de casais chineses mestiços são formados por mulheres chinesas e estrangeiros mas o caso deles é o contrário, já que ele é chinês e ela holandesa. Eles não tiveram problemas para viajar para a Europa, o que é uma ótima notícia para aqueles que estão procurando viajar para o exterior. (Secrets Of A World Traveller)

New Tribe Of Life

Henriette  e Elmer são nômades digitais e enfocam a cultura e publicações espirituais. Além de viajantes eles também tem uma marca de estilo de vida urbana chamada Ubuntu Style. Na holanda eles não tiveram problemas por ser um casal de raça mista mas tiveram problemas em pequenas aldeias e na Jamaica. Eles advertem os casais jovens a ficar longe de situações em que não são bem-vindos e, em vez disso, manter a companhia com aqueles que o deixam brilhar! (New Tribe Of Life)

Madonna e Tupac – A Carta

No ano de 2015 Madonna revelou que havia namorado o rapper Tupac Shakur em 1995, recentemente foi descoberto uma carta que o cantor escreveu para ela quando ele esteve na prisão por abuso sexual.  A carta virou assunto no mundo todo mas o que me chamou a atenção não foi o título que os jornais e revistas deram para a notícia mas sim o conteúdo dela.

Tupac com Madonna e a carta divulgada pela TMZ

Na carta Tupac rompe o relacionamento deles e explica os motivos como o fato da diferença racial entre eles e como eles seriam vistos pela sociedade e principalmente pelo fãs. Ele demonstra estar magoado com um comentário que ela havia feito numa entrevista dizendo que habilitaria todos os rappers e jogadores de basquete, dando a entender que já havia namorado outros caras antes dele. Tupac diz ter crescido espiritualmente e mentalmente e que não se importaria mais como as pessoas o veriam dali para a frente. Ele ofereceu a sua amizade para a cantora e a  alertou para o perigo de convivência com pessoas maldosas e invejosas que poderiam prejudica-la. Tupac ainda demonstrou desejo de conversar pessoalmente com ela.

Tupac morreu em setembro de 1996 num hospital, ele levou quatro tiros enquanto estava em um carro nas ruas de Las Vegas.

Antes de eu decidir escrever sobre este assunto no blog pensei muito, e li os comentários das pessoas para ver o que elas achavam de tudo isso. Vi que a maioria o acusava de ser racista e preconceituoso já  que os tabloides usaram títulos sensacionalistas dizendo que ele havia terminado o relacionamento por ela ser branca.

Esse foi o título que o site TMZ usou e que os demais sites de notícias e revistas (incluindo Brasil) copiaram

Eu não vejo a coisa por esse lado. Vejo uma história de amor mal resolvida, vejo um homem triste e preocupado com sua namorada e de como ela seria vista e tratada pelas pessoas pelo simples fato de estar num relacionamento com um homem negro. Tupac esteve muito próximo de Madonna e sabia o tipo de pessoas que conviviam com ela e ele não queria aquilo para ele. Ele conhecia Madonna e sabia o que as pessoas diriam e como elas iriam rotular por estar envolvida com ele.

Post recente no dia em que ele faria 46 anos

Não deve ter sido fácil para ele romper o relacionamento, mas acredito que o fato dele estar preso fez ele pensar muito e refletir sobre tudo e a vida dele. Isso tudo deve ter mexido muito com ela também. Ele se foi, ela teve outros relacionamentos, amizades, se tornou mãe e até mesmo escritora de livros infantis. A carta escrita por ele será leiloada entre 19 e 28 de julho  com lance inicial de 100.000 dólares (331.000 reais, aproximadamente).

Trechos da carta:

“Você consegue entender isso?” “Você ser vista com um homem negro não ameaça de maneira alguma a sua carreira. No máximo, faria com que você parecesse muito mais aberta e excitante. Mas para mim, ao menos na minha percepção anterior, eu senti que por causa da minha ‘imagem’ eu estaria decepcionando metade das pessoas que me fizeram ser quem eu achava que era. Nunca quis te machucar.”
“Essas palavras calaram fundo em mim já que eu não sabia que você tinha ficado com outros rappers além de mim. Foi nesse momento de dor e respondendo a um instinto natural para revidar e defender o meu coração e o meu ego que eu disse um monte de coisas”.
“Você me entende? Nesse período, como você pode ver, eu cresci espiritualmente e mentalmente. Não me importo mais com a maneira como eu sou visto. Por favor, entenda meu posicionamento anterior como a de um jovem rapaz com experiência limitada junto de um símbolo sexual extremamente famoso.”
 “Eu ofereço minha amizade de novo, dessa vez mais forte. Se você estiver interessada, eu gostaria de discutir mais esse assunto com você, mas algumas coisas não podiam esperar. Me senti forçado a dizer… só caso algo aconteça comigo”.  “Por favor, tome cuidado, Madonna. As pessoas não são tão honradas como parecem, há aquelas cujos corações sangram de inveja e maldade. Elas não hesitariam em te prejudicar! Deixem que as minhas seis balas sejam provas disso!”
 “Não sei como você se sentiria vindo me visitar, mas se você quiser, do fundo do seu coração, eu adoraria conversar cara a cara com você. É engraçado, mas essa experiência me ensinou a não encarar o tempo como algo garantido.”

Cartas para minha sogra

“O teu povo é meu povo, o teu Deus é o meu Deus.” Rute 1:16

A primeira vez que a vi numa foto tive a impressão de que já a conhecia antes de algum lugar. Não sou espírita e nem sensitiva, mas foi exatamente isso que senti.  Ao olhar aquele rosto calmo, sereno e com um leve sorriso senti que ela era uma pessoa simpática. Enquanto via-o escrever sobre ela do quanto ela é doce, amável e carinhosa fiquei imaginando e pensando como ela seria pessoalmente. Perguntei o nome dela e ele respondeu apenas com o primeiro nome: – Joan.

joan-and-david-1

Fotos: arquivo pessoal David Williams/Joan Williams

Os dias se passaram e ele sempre mostrando fotografias dela e escrevendo de como ela havia cuidado dele com carinho e amor. Senti um enorme desejo de orar por ela. Eu já orava por ele há certo tempo e agora incluía o nome dela nas minhas orações também. Então num belo dia durante uma de nossas conversas ele me disse que ela me amava pelo simples fato de eu estar trazendo ele de volta para a igreja. Confesso que duvidei um pouco das palavras dele, afinal como alguém que não me conhecia pessoalmente e só havia visto fotos minhas poderia me amar? Vez ou outra ele sempre me dizia a mesma coisa: – Ela já te ama!

david-and-joan

Fotos: arquivo pessoal David Williams/Joan Williams

A resposta veio em forma de carta através de email. Eu havia proposto que nós trocássemos cartas assim eu poderia me apresentar e nos conhecermos um pouco.  A primeira foi curta, mas entendi o porquê dela estar feliz e sentir carinho por mim mesmo sem me conhecer.

david-and-joan-2

Fotos: arquivo pessoal David Williams/Joan Williams

Joan é uma pessoa incrível, ela é uma mulher cristã que cresceu e foi educada em lar cristão muito rigoroso, mas que  infelizmente como a maioria dos jovens aprendeu uma dura lição. “Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” Ela é uma mãe dedicada e trabalhadora que teve que sustentar dois filhos sozinha e hoje ela sonha e ora para que eles se casem com mulheres cristãs. Corresponder-me com aquela que um dia poderá ser minha sogra tem sido uma experiência maravilhosa, pois tem me ajudado muito a enxergar a vida com outros olhos.  Não se trata apenas de um intercambio virtual e cultural, mas sim uma bela amizade. Descobrir que temos os mesmos gostos e mesmo pensamento a respeito de Deus e religião e amor pelo mesmo homem…

joan-and-david-2

Fotos: arquivo pessoal David Williams/Joan Williams

É muito bom saber que do outro lado do oceano na outra América existe alguém que pensa se preocupa e ora por mim.  Talvez o filho dela seja a pessoa certa para mim ou talvez não e como ela mesma me disse; só Deus sabe. Eu também não sei se algum dia no futuro eu terei a oportunidade de visita-la em seu país ou se ela poderá me visitar, mas de uma coisa eu tenho certeza, que sempre poderei contar com ela e quando chegar o grande dia eu quero abraçar aquela que não me vê apenas como uma futura nora, mas sim uma amiga, ou melhor, uma filha.