Ted Spencer e os testemunhos

Já fazia algum tempo que eu queria fazer um post sobre o personagem Ted da série Cris,mas recentemente li uma questão levantada no grupo “Tesouros Peculiares” que me fez abrir a mente melhor e hoje irei falar e mostrar um pouco sobre este personagem especial e  tão querido para as leitoras da série.

Muitas meninas tem exagerado e até mesmo quase que idolatrado este personagem colocando ele no patamar de Deus grego. Afinal um cara bonitão com cabelos loiros e olhos azul – prateados, surfista e super cristão; ele parece ser o cara perfeito e o namorado que toda garota gostaria de ter. Mas será que ele é perfeito mesmo? Será que ele é um garoto cristão de nascença? Vamos conhecê-lo um pouco melhor.

Ted Spencer ou Ted para os íntimos é filho de pais separados. Sua mãe mora em Tallahasee e seu pai em Newport Beach. Como todo filho ou filha de casal separado ele se divide para conviver com ambos, durante o ano letivo ele mora com sua mãe e nas férias e feriados mora com o pai. Quando jovens os pais de Ted foram hippies. Ted é surfista e como todo surfista usa gírias da tribo para se comunicar e se expressar. Seus melhores amigos são Douglas, Trícia, Kimo um amigo de infância que se converteu após um acidente de surf  e Sam que também  era surfista e morreu de overdose por estar drogado e tentar surfar. Ted também já usou drogas como maconha, mas abandonou o vicio após se converter e aceitar a Jesus como seu salvador. Ao longo do tempo ele descobre sua grande vocação que é ser missionário e pregar o evangelho em terras distantes. Ele também gosta de conversar sobre assuntos bíblicos e dar conselhos.

O que mais me chama a atenção na história de Ted é que mesmo depois dele ter se tornado cristão, ele não abandonou seus amigos e tentou ajudar e mostrar para eles qual era o caminho certo. Ele também testemunhou para outras pessoas como a nossa personagem principal (Cris Miller) que se converteu através do bom exemplo de Ted e seus amigos (Douglas e Trícia). Cris também testemunhou para as suas amigas Paula, Katie e Alissa que mais tarde descobre estar grávida. Alissa era uma garota fútil que na verdade vivia de fachada, ela era totalmente infeliz e já havia tentado se matar, pois seu pai havia morrido de câncer pulmonar e sua mãe era uma alcoólatra. A mãe de Alissa é levada para uma clinica de recuperação e ela vai viver com a avó em Boston.  Quando Alissa descobre estar grávida a principio pensa em abortar o bebê, mas depois ao se lembrar de Cris e seus conselhos e testemunhos resolve buscar a Deus.  Ela começa a ler a bíblia e procura ajuda num centro de gravidez de risco, lá ela conhece outros cristãos e por intermédio deles vai à igreja. Ao final Alissa entrega o bebê para um casal cristão e aceita a Jesus como seu salvador.

Vocês podem estar se perguntando o que isso tem a ver com o Ted? A resposta é simples e clara; tem tudo a ver! Ted não era um cristão perfeito, ele não era um filho de pastor, não tinha cargo na igreja que ele frequentava. Ele era um garoto comum que gostava de surfar, se divertir com seus amigos e até mesmo de paquerar. Sua família também não era perfeita, seus pais não viviam juntos e ele era o único cristão na família. Por ser um rapaz bondoso e educado ele era muito querido por todos. Através de seu testemunho ele converteu muitas pessoas.

Muitas vezes as pessoas como nossa família, por exemplo, não entendem porque nós nos relacionamos com pessoas não cristãs e diferentes de nós. Mas Deus em sua infinita bondade nos permite que certas coisas aconteçam em nossas vidas para podermos ajudar e testemunhar para aqueles que ainda não conhecem a Deus. Tudo começou com um simples rapaz que também foi levado a cristo através de outros cristãos então ele abandonou o vicio e se tornou um novo ser. Queridos, o mundo está cheio de pessoas como Sam, Paula e Alissa. Elas estão perdidas e precisam de ajuda e orientação para encontrar o caminho certo que leva a salvação. Vamos deixar o orgulho e o preconceito de lado e fazer aquilo que Jesus ensinou. Já testemunhou para alguém hoje?

Conheça mais sobre este personagem lendo a Série Cris e Série Cris e Ted escrita por Robin Jones Gunn.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Leia também:

Noite Estrelada

“ Nesse momento ela não achou ruim o silêncio. Ted estava ali ao seu lado. Eles podiam ficar juntos, calados. O importante é que estavam juntos. Ela virou a cabeça para trás e olhou as estrelas.

– A última vez que olhei as estrelas assim foi na véspera de natal, disse Ted.

– Verdade? Eu também! Estávamos nas montanhas no dia 24 e eu fiquei sentada um tempão num sofazinho junto da janela do quarto, disse Cris.

– Imagine só. Estávamos olhando as mesmas estrelas naquela noite. Só que eu estava numa praia a sete mil quilômetros daqui. No que é que você estava pensando?

– Eu estava pensando em Jesus, quando ele nasceu aqui no mundo. Estava imaginando se ele viu a estrela de Belém que brilhou sobre a sua manjedoura.

– Sabe no que eu estava pensando? Em Abraão. Lembra-se da promessa que Deus fez para ele?

– Não é que ele seria o pai de uma grande nação?

– Isso, pai de uma grande nação, mas ele não tinha nenhum filho. Parecia uma grande piada. E então, certa noite, Deus mandou que ele saísse de sua tenda e disse: “ Olhe para os céus, ô meu! Conte as estrelas se você consegue. É assim que serão os seus descendentes”!

– Eu me lembro dessa história.

– Bem, você sabia que depois dessa promessa, Deus ficou em silêncio? Demorou muitos anos para falar novamente com Abraão. Entendeu? Deus fez uma promessa e sumiu. Pode imaginar como Abraão se sentiu anos após ano? Sem filhos e sem nenhuma prova de que Deus lhe falara. Só tinha um monte de estrelas silenciosas no céu, que ele podia ficar contando e continuando a crer que Deus realmente lhe tinha feito uma promessa.

– Isso exige muita fé.

– Quero ter fé igual a dele, disse Ted, virando-se para Cris.

noite-estrelada

……………………………………………………………………………………………….

Assim como Abraão devemos ter fé e confiar em Deus em todos os momentos de nossa vida. Não importa o que você esteja enfrentando ou esteja precisando. Ele sabe todas as nossas lutas e conhece todos os nossos sonhos e desejos do nosso coração. Entregue tudo nas mãos dele e ore. Pode ser que a resposta demore um pouco a chegar ou não, talvez esse seja o seu momento de ficar contando estrelas mas acredite que no momento certo as coisas irão cair no seu lugar. Deus nunca falha!

Queridos leitores, eu desejo que vocês tenham um feliz natal em Cristo Jesus. Deus abençoe a todos!

 

Trecho do livro Noite Estrelada escrito por Robin Jones Gunn.

 

 

Leia também:

Sobre atitudes negativas e namoro a distância

Você já parou para pensar porque os noticiários raramente ou nunca mostram notícias boas ou positivas? Porque notícia ruim dá mais ibope! Ninguém quer saber se foi descoberta a cura para alguma doença grave, ninguém quer saber se fulano ou beltrano realizaram uma boa ação e ninguém quer saber se aquela história teve um final feliz. Bastam ver as manchetes dos jornais, programas policiais na rádio, sites de notícias e os tão famosos programas sensacionalistas que só mostram desgraças. Infelizmente o povo hoje em dia só quer saber quem enganou quem, quem roubou quem, e quem matou quem. Sabemos que vivemos num mundo cheio de pecado e que existem pessoas maldosas, mas também existem pessoas boas de coração puro que procuram carinho e amor. É muito triste ver as pessoas se deixando levar por notícias ou coisas negativas que aconteceram com outras pessoas. Esse tipo de coisa não é bom porque pode e influencia na vida das pessoas e causa certo tipo de bloqueio impedindo delas viverem, conhecerem ou aprenderem coisas boas.

news veja

Alguns dias atrás eu li a notícia sobre um jovem que se relacionou com uma moça pela web. Ele marcou um encontro com ela para poder conhecê-la pessoalmente, mas infelizmente ela não compareceu por achar que tudo não passava de uma brincadeira do pobre rapaz. Ele passou dias no aeroporto esperando pela amada que não foi ao encontro dele. Ele ficou fraco e foi internado no hospital.  Já a jovem disse que quer encontra-lo e continuar com o relacionamento a distância. Fiquei feliz em saber que a história teve um final feliz em meio a tantas outras  ruins.  Recentemente algumas semanas atrás eu e meu namorado que é americano escrevemos um texto em conjunto contando nossa história e enviamos para um grupo de relacionamento inter racial.

kelly e david - história

Eu já havia lido algumas histórias e testemunhos de casais em diversos grupos semelhantes mas fiquei muito feliz em ver que eu não estava sozinha, que assim como nós outras pessoas tem e já passaram pela mesma situação. Isso tudo foi muito importante para mim pois me mostrou que no mundo ainda existem pessoas boas e que existe esperança!

Vamos julgar menos e amar mais!

Leia também: